Tijolos de solo-cimento com resíduos de construção



Figura 7 – Influência da quantidade de resíduos na resistência dos tijolos aos sete dias Figura 8 – Influência da quantidade de resíduos na resistência dos tijolos aos 240 dias

Observou-se, com a adição do RC, que os valores de umidade ótima diminuíram e os de massa específica aparente seca aumentaram. Evidencia- se, portanto, que a adição do RC propicia a obtenção de materiais mais compactos, com melhor acomodação interna dos grãos na compactação. A tendência, portanto, é a de se obter materiais mais resistentes e com menor absorção de umidade.

Retração
Os valores obtidos nos ensaios de retração linear são apresentados na tabela 5.

O ensaio realizado com o solo natural, sem adição do RC, apresentou uma fenda na parte central da amostra e a retração total foi de 24 mm, acima, portanto, do limite recomendado pelo Ceped (1999), que é de 20 mm. Dessa forma, o solo natural utilizado nesse trabalho não seria apropriado para a confecção do solo-cimento. Porém, com a adição do RC, houve uma diminuição substancial nos valores de retração, de 24% para 7%. Além disso, não se observou, em nenhuma das amostras, a ocorrência de fendas na parte central da caixa, significando haver uma forte tendência de redução da retração por secagem em razão da incorporação do resíduo mineral.

Figura 9 – Resistência à compressão dos tijolos sem resíduo Figura 10 – Resistência à compressão dos tijolos com 20% de resíduo de concreto

Absorção
Na tabela 6 são apresentados os valores obtidos nos ensaios de absorção.

Verificou-se que todos os traços atenderam a NBR 8492, que preconiza absorção máxima de 20%. Nota-se, também, que a adição do RC promoveu redução nos valores de absorção. Em média, o valor obtido para o solo-cimento sem RC foi de 17,2%, enquanto que para o solocimento com 60% de RC foi de 12,6%. Esse aspecto também é importante, pois quanto menor a absorção, melhor será o desempenho da alvenaria.

Figura 11 – Resistência à compressão dos tijolos com 40% de resíduo de concreto Figura 12 – Resistência à compressão dos tijolos com 60% de resíduo de concreto


PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | 5