IMPERMEABILIZAÇÃO DE TIJOLOS APARENTES

Os tijolos aparentes são porosos, permeáveis e absorventes. Devido a essas características, absorvem a água da chuva e facilitam a penetração de umidade para o lado interno. Outra conseqüência é o aspecto degradado pela formação de bolor, fungos e fixação de fuligem e poeira. Há, portanto, a necessidade de impermeabilizar a parte externa, o que pode ser feito com a aplicação dos seguintes produtos:

Resinas acrílicas

• a resina acrílica à base de solvente é indicada para uso em várias áreas externas, devido à sua impermeabilidade e alta resistência à radiação ultravioleta; é necessário o uso de um fundo selador, também acrílico, evitando que o tijolo absorva demais a resina, o que escureceria a superfície. O selador serve ainda para melhorar a aderência da resina ao tijolo, evitando descascamento e escamações futuras;
• ao secar, forma uma película que não é atacada pela água nem pelos agentes agressivos da atmosfera;
• para ser resistente à luz solar, a resina tem que ser 100% acrílica; existem resinas acrílicas com adição de estireno que, apesar do bom desempenho em áreas internas, não devem ser utilizadas externamente;
• tijolos com rejuntamentos profundos e retos não permitem a aplicação do selador e da resina de maneira uniforme em toda a sua área interna, o que implica em que nos pontos de rejuntamento onde houver falha no revestimento haverá infiltração de umidade; por outro lado, rejuntamentos côncavos e rasos proporcionam uma película homogênea, sem solução de continuidade, garantindo uma melhor impermeabilização;
• ambos os produtos podem ser aplicados com rolo, na face externa do tijolo; no rejuntamento, é necessário utilizar uma trincha estreita.

Fonte: Revista Arquitetura & Construção